Identidade e sistemas conceituais

Autores/as

  • Kherian Gracher Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

DOI:

https://doi.org/10.48160/18532330me9.232

Palabras clave:

identidade, sistemas conceituais, indiscernibilidade, metafísica, filosofia da lógica

Resumen

Será a identidade fundamental para todos os sistemas conceituais? Neste artigo pretendo apresentar razões contra a alegação que todo sistema conceitual pressuponha a noção de identidade. Para tratar deste debate analisarei as posições de Bueno (2014, 2017) e Krause e Arenhart (2015). Enquanto Bueno defende que a identidade é requerida para todos os sistemas conceituais, Krause e Arenhart apresentam uma série de objeções contra tal tese, defendendo assim que a identidade não é fundamental. Pretendo mostrar que as principais objeções apresentadas por Krause e Arenhart não afetam a teoria de Bueno por conta de uma má interpretação da tese deste. Por fim, apresentarei algumas objeções contra Bueno que, espero eu, não errem o alvo.

Publicado

2019-04-01

Cómo citar

Gracher, K. (2019). Identidade e sistemas conceituais. Metatheoria – Revista De Filosofía E Historia De La Ciencia, 9(2), 61–68. https://doi.org/10.48160/18532330me9.232